Pacientes oncológicos passam  a contar em Ipatinga com Centro  Integrado de Medicina Nuclear

PUBLICIDADE

Representando a administração municipal, o secretário de Saúde de Ipatinga, Leonardo Seixas, participou nesta sexta-feira (24), na Unidade 1 do Hospital Márcio Cunha, da cerimônia de inauguração do Centro Integrado de Medicina Nuclear, oportunidade em que foi apresentado o aparelho PET-CT, equipamento de ponta que possibilita a realização de exames de imagem de alta complexidade, favorecendo a precisão e rastreio para tratamentos oncológicos de pacientes assistidos pelo Sistema Único de Saúde.

Secretário de Saúde de Ipatinga, Leonardo Seixas

“Este é um grande ganho para a estrutura de atendimento à população do nosso município e de toda a região, na área de saúde. Ficamos felizes em poder contar com mais este avanço significativo, que representa maior resolutividade, precisão e agilidade na assistência aos pacientes”, destacou Seixas.

Presidente da Usiminas, Marcelo Chara
- PUBLICIDADE -
Usiminas
AAPI
Giganet
Sesi – Senai
EXPO USIPA

Com aquisição do equipamento, que é o 7º a ser implantado no interior do Estado e tem capacidade para realizar até dez exames por dia, o Hospital Márcio Cunha passa a ser referência oncológica para 135 municípios da macrorregião do Vale do Aço, Leste e Nordeste de Minas. O equipamento foi adquirido via emenda parlamentar, indicada em 2021 por intermédio de Rodrigo Pacheco, atual presidente do Senado, e Alexandre Silveira, então senador e agora ministro de Minas e Energia.  

Entre outras autoridades, a cerimônia de inauguração contou ainda com as presenças do diretor-presidente da Fundação São Francisco Xavier, Flaviano Ventorim; do diretor de Negócios do Hospital Márcio Cunha e da Unidade de Oncologia, Eduardo Blanski, e do presidente da Usiminas, Marcelo Chara, além de parlamentares e vários profissionais de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui