Prefeito de Santana do Paraíso reúne com presidente da Copasa para tratar da falta de água na região

PUBLICIDADE

O Prefeito de Santana do Paraíso, Bruno Morato, esteve em Belo Horizonte, nesta quarta-feira (29), em reunião com o presidente da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Guilherme Augusto Duarte de Faria. O objetivo foi dialogar a respeito da falta de água na região e apresentar uma proposta de autonomia hídrica do município, tendo em vista que, atualmente, cerca de 55% da água do município depende do sistema integrado do Vale do Aço.

Na reunião também estiveram presentes o legislador municipal e presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Santana do Paraíso, Alber Dias, representando o poder legislativo do município e o superintendente regional da Copasa Albino Campos. “A reunião foi muito produtiva e conseguimos colocar como projetos prioritários da Copasa a ampliação da estação de tratamento de água que existe, hoje, na Cachoeira de Cima e a construção de uma adutora levando água até o Residencial Bethânia. Ainda não há prazo definido, mas a obra já está em fase de preparação do projeto. A nossa ideia é que posteriormente seja expandido para outros bairros”, ressaltou o prefeito de Santana do Paraíso, Bruno Morato. O projeto inicial contempla, ainda, uma caixa d’água de 500 mil litros para o bairro Industrial.

Alber Dias, Guilherme Augusto Duarte Faria, Bruno Morato e Albino Campos.
- PUBLICIDADE -
Usiminas
Câmara Ipatinga
PMI VACINAÇÃO
Giganet
Copasa
AAPI
FSFX
Unimed Vale do Aço
Sesi – Senai
SVA

Outras melhorias

A companhia se comprometeu em ampliar a adutora do bairro Residencial Bethânia, nas próximas semanas, para levar mais água pro bairro. Em relação ao bairro Cidade Nova, um novo reservatório está em construção e o compromisso é de que até o final de dezembro, deste ano, seja ligado um novo conjunto de bombas, que aumentará a disponibilidade de água no local. As obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Sistema Garrafas – sistema que vai coletar o esgoto dos bairros Industrial, Residencial Bethânia, Águas Claras, Bom Pastor, Cidade Verde, Jardim Vitória, Gran Royalle, Chácaras do Vale e Cidade Nova, tem previsão de conclusão para o início do próximo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui