Prefeitura de Ipatinga encaminha à Câmara projeto histórico de realinhamento salarial

PUBLICIDADE

Proposta foi construída em diversas reuniões de trabalho com a participação de técnicos municipais e o sindicato da categoria

- PUBLICIDADE -
EXPO USIPA
AAPI
Usiminas
Giganet
Sesi – Senai

Foi oficializado na manhã de 23 de novembro, pela Prefeitura de Ipatinga, em cerimônia com a presença de inúmeros trabalhadores, no pátio da Suplan, o encaminhamento de projeto de lei à Câmara Municipal que promove um realinhamento histórico na tabela salarial dos servidores efetivos regidos pela Lei 2.426/2008. O realinhamento proposto se dará de forma horizontal e vertical.

Na ocasião, foi exaltada a dedicação das equipes técnicas do governo e a capacidade de diálogo da atual diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais – Sintserpi.

Ao longo de muitos anos, embora isso fosse um direito legítimo dos servidores, a tabela se mantinha achatada e desalinhada. São décadas de prejuízos imputados aos trabalhadores, que agora vão ser gradativamente corrigidos. Em sequência ininterrupta, o resultado se fará sentir num período de dois a oito anos. 

O projeto foi enviado à Câmara com pedido de votação em regime de urgência. 

Reajustes anuais

A prefeitura faz questão de esclarecer que o projeto de realinhamento não exclui os reajustes que devem ser concedidos a cada início de ano, conforme a data-base estabelecida em lei, um benefício inédito igualmente proporcionado pelo atual governo, garantindo obrigatoriamente a correção inflacionária e, ainda, eventuais ganhos reais negociados nas campanhas salariais. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui