Protocolado PL que institui adicional de até 40% a profissionais da linha de frente da covid 19

Prefeito municipal de Ipatinga Gustavo Nunes, com os secretários de Governo Roberto Soares e a adjunta da saúde com os Glênia Louback entregam PL aos  vereadores da Comissão de Saúde Daniel do Bem, Avelino Cruz e Pator Ratzke  
PUBLICIDADE

Votação que beneficiará servidores municipais que atuam no enfrentamento da pandemia acontecerá já na próxima semana

Vereadores membros da Comissão Permanente de Saúde receberam, na tarde desta sexta-feira (26), o prefeito de Ipatinga Gustavo Nunes, que veio protocolar, na Secretaria Geral da Casa, projeto de lei que dispõe sobre o pagamento adicional de insalubridade aos servidores públicos municipais da área de saúde, em atendimento direto ao enfrentamento da covid 19.

- PUBLICIDADE -
AAPI
Giganet
Usiminas
Sesi – Senai
EXPO USIPA

Conforme a proposta, o servidor que já fizer jus a adicional de periculosidade deverá optar por um deles, sendo vedado o recebimento cumulativo.

O prefeito explicou que este adicional durará enquanto durar o estado de calamidade pública decorrente da pandemia do coronavírus.

Para o presidente da Comissão de Saúde, Daniel Guedes a iniciativa faz justiça aqueles que têm se dedicado tanto ao combate à doença. “Devemos estar permanentemente unidos, em defesa da vida e a favor de todas as ações que valorizem os profissionais da saúde”, disse Daniel do Bem.

Como o projeto é regime de urgência, a Câmara deve convocar para os próximos dias reunião ordinária para a aprovação da proposta. “Os profissionais que serão beneficiados podem contar conosco que iremos aprovar este PL o mais rápido possível”, afirmou o presidente da Casa, Toninho Felipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui