Semdetur de Ipatinga apoia maior feira da América Latina de inovação e negócios

PUBLICIDADE

Vale do Aço é representado no evento por diversas empresas do setor metalmecânico

- PUBLICIDADE -
EXPO USIPA
AAPI
Sesi – Senai
Usiminas
Giganet

Com o objetivo de ajudar a incrementar a economia regional, a Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdetur),  está apoiando o Arranjo Produtivo Local (APL) na maior feira da América Latina voltada para a inovação e negócios no setor metalmecânico, a Mercopar. O evento teve início na terça-feira (5), em Caxias do Sul-RS, e será encerrado nesta quinta (7), contando com a visitação de milhares de pessoas em seus três dias de realização.

A Feira tem como foco central estabelecer conexões entre pequenos, grandes e médios empreendimentos do segmento metalmecânico, nacionais e internacionais. 

As empresas que compõem o APL do Vale do Aço atuam com destaque em diversos setores, como aluguel e equipamentos; caldeiraria; inspeções e ensaios; engenharia e projetos industriais; fabricação e montagem de estruturas metálicas; forjarias; fundição; instalação e manutenção elétrica; solda; revestimento de materiais e usinagem.

O Arranjo Produtivo Local, que diz respeito a empresas e empreendimentos localizados em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva, algum tipo de governança e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores, foi criado para potencializar respostas às demandas das grandes indústrias instaladas na região.

Para viabilização de sua participação, além da Semdetur as empresas contaram ainda com a colaboração de entidades parceiras como o Sebrae Minas, FIEMG, Agência da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA) e Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Vale do Aço (Sindimiva), entre outras instituições.

O APL do Vale do Aço interage na Feira acerca de tendências e inovações tecnológicas no setor industrial. “No ano de 2020, este importante evento movimentou cerca de R$ 128 milhões, batendo 5 mil acessos na plataforma on-line”, destacou Alexsandro Espírito Santo, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Ipatinga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui