Administração de Ipatinga se torna referência com reformulação no Setor de Almoxarifado  

PUBLICIDADE

Entre uma série de outras medidas voltadas para a otimização do setor, a Secretaria de Administração de Ipatinga adotou recentemente importantes ações de reformulação no modelo de armazenagem dos insumos e medicamentos dispensados no almoxarifado central da Prefeitura, gerando ganhos em eficácia e funcionalidade. A estrutura da repartição vem servindo de referência para cidades do Vale do Aço. 

- PUBLICIDADE -
Giganet
Sesi – Senai
AAPI
EXPO USIPA
Usiminas

Na última quarta-feira (29), o secretário municipal de Administração, Matheus Braga, recebeu no Setor de Almoxarifado de Ipatinga, para uma visita técnica, o titular da mesma pasta em Santana do Paraíso, Reinaldo Luiz Santos. “Reconhecemos a importância de trocar experiências dentro da cadeia logística que envolve as questões voltadas para a otimização do setor de Almoxarifado. Como Ipatinga é a cidade polo do vale do aço, fizemos a solicitação que foi prontamente atendida. Agradeço por esta troca de experiência, que mostra lisura no exercício das atuais Administrações, com objetivo de melhoria nos processos internos, garantindo assim excelência no atendimento aos munícipes”, destacou Reinaldo. 

A visita teve como objetivo a apresentação de detalhes sobre o sistema, entre eles a adequação realizada no recebimento das demandas do departamento e o correto registro dos produtos recebidos.

Na ocasião, foram ressaltadas as melhorias no desempenho do serviço público com adoção de procedimentos como o aperfeiçoamento das estruturas físicas dos galpões, aprimoramento do processo de compras de materiais e baixa quantidade de ativos em estoque. 

O secretário de Administração do município, Matheus Braga, frisou que “as adequações vêm ao encontro da proposta do novo governo de tornar a máquina pública mais austera, eficiente, transparente e menos suscetível a perdas e desperdícios”.

De acordo com técnicos da Secretaria, “o setor está em processo constante de melhorias de fluxos, deixando para trás uma prática recorrente de gastos desnecessários”. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui