Gestão do prefeito de Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius, é alvo de atentado pela 3º vez em menos de 2 anos

PUBLICIDADE

Seguia detido até esta tarde pela Polícia para mais averiguações, Gabriel Telles Lopes, 26 anos, militante e filiado do Partido dos Trabalhadores (PT), autor de atos de vandalismo contra o Paço Municipal de Coronel Fabriciano. Gabriel foi detido na noite da última segunda-feira, 21/6, após quebrar quatro vidraças do novo prédio da Prefeitura, inaugurado há cerca de 2 meses.  

 

- PUBLICIDADE -
Sesi – Senai
Copasa
Câmara Ipatinga
AAPI
Giganet
Usiminas

O autor do ato de vandalismo é filho do petista Jardel Lopes, ex-presidente do PT de Fabriciano e Coordenador Regional do Partido. A Polícia Militar foi acionada pelo vigilante de plantão. As imagens registradas pelas câmeras do circuito interno de segurança da Prefeitura foram usadas pela inteligência das Polícias Militar e Civil de plantão.  

 

O militante usou uma barra de ferro e pedras para quebrar os vidros da fachada do novo prédio da Prefeitura. Conforme o artigo 163 do Código Penal –“Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia” –, atos de vandalismo (dano ao patrimônio público) é crime passível de detenção e multa, além da reparação do bem público depredado.  

 

MOTIVAÇÃO POLÍTICA?  

 

Esta é a terceira vez que a gestão do prefeito de Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius (PSDB) é alvo de atentados nos últimos 2 anos. Em abril de 2020, ano eleitoral, o portão da anterior residência do prefeito, no bairro Belvedere, foi alvo de pedradas jogadas por um homem. A família de Dr. Marcos e uma empregada estavam na residência no momento do crime e ficaram bastante baladas. Novamente, as imagens de câmeras de segurança foram usadas pela Polícia na identificação da autoria do crime.  

 

Em junho de 2019, um adolescente de 17 anos também foi detido pela Polícia após atentado contra o Paço Municipal (desta vez, o prédio antigo da Prefeitura). Segundo a Polícia Militar (PM), à época, o adolescente colocou artefatos com pólvora em imóveis da região, colocou fogo em um carro parado de uma servidora em frente à prefeitura e, ao tentar atacar a própria escola, acabou apreendido.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentario!
Por favor, escreva seu nome aqui